top of page

Assistência às empresas e trabalhadores do RS é crucial

A FIERGS e a Fecomércio-RS reforçam que, com o reconhecimento do estado de calamidade pública, torna-se urgente a implementação de medidas para assegurar a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos. Segundo nota conjunta, as duas entidades expressam profunda preocupação diante da situação crítica que afeta empresas e trabalhadores no Rio Grande do Sul.


Inúmeras empresas encontram-se paralisadas devido aos alagamentos e às perdas de estoque decorrentes, destacam a FIERGS e a Fecomércio-RS. De acordo com elas, o Benefício Emergencial (BEm), previsto na Lei n° 14.437/2022, requer uma regulamentação imediata por parte do Ministério do Trabalho e Emprego, pois desempenhará um papel crucial ao prover apoio às empresas e garantir a preservação dos empregos. Esta foi uma das demandas também levada pela FIERGS em encontro com o vice-presidente Geraldo Alckmin, na última sexta-feira, em Brasília. “Instamos as autoridades a agirem com celeridade e eficácia diante dessa emergência, garantindo um futuro mais seguro para as empresas e os trabalhadores gaúchos”, diz a nota.


Comunicação da FIERGS




Comments


bottom of page