top of page

Entidades propõem que governo aguarde até junho sobre ICMS

As diretorias da FIERGS/CIERGS, em reunião realizada na noite de terça-feira (9), se manifestaram pela manutenção do regime fiscal vigente no Estado, aguardando o comportamento da arrecadação no primeiro semestre de 2024. Segundo as diretorias, a receita do ICMS no primeiro trimestre indica crescimento e equilíbrio orçamentário ao final do ano.

 

A arrecadação do imposto entre janeiro e março no RS chegou a R$ 12,1 bilhões, representando uma alta de R$ 2,3 bilhões em relação ao mesmo período do ano passado. Com os dados já observados, as projeções sinalizam que a arrecadação de ICMS alcançará mais de R$ 50 bilhões até o final de 2024, muito acima dos R$ 46,9 bilhões previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) do Estado para o ano.

 

A FIERGS e o CIERGS ressaltam que, logicamente, além do equilíbrio e atendimento das funções essenciais como saúde, segurança, e educação, há a necessidade de recursos para investir na infraestrutura do Rio Grande do Sul.

 

Comunicação FIERGS




Comments


bottom of page