top of page

Indústria gaúcha começa o ano com confiança recuperada

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI-RS), divulgado pela FIERGS, aponta crescimento de 2,9 pontos na virada do ano: passou de 48,1, em dezembro, para 51 pontos, em janeiro. Superou, pela primeira vez desde outubro de 2022, a linha indicadora da presença de confiança, o que ocorre quando o resultado fica acima dos 50. Também foi a maior alta desde setembro de 2022. “Esse aumento do otimismo se dá basicamente pela percepção dos empresários de melhora relativa na economia brasileira, principalmente com a redução dos juros e da inflação. No âmbito regional, pesou a amenização dos fenômenos climáticos e a retirada do projeto de elevação do ICMS”, diz o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, reforçando, contudo, que a política fiscal mantém as incertezas em níveis elevados, juntamente com as indefinições sobre o cumprimento das metas do “novo arcabouço fiscal” e a Reforma Tributária.


O resultado interrompe o segundo maior ciclo de falta de confiança já apurado, que durou a metade dos 27 meses do primeiro, entre 2014 e 2016. O ICEI-RS é formado pelos Índices de Condições Atuais e de Expectativas. Cada um, por sua vez, é composto por outros dois relativos à economia brasileira e à própria empresa.


Comunicação da FIERGS




Kommentarer


bottom of page