Marlos motiva alunos para a atividade industrial

Na segunda-feira, 18 de julho, o presidente do SinmaqSinos, Marlos Schmidt, participou no Instituto SENAI de Tecnologia em Calçado e Logística de uma atividade do Projeto Trilhas de Aprendizagem, parceria da Secretaria de Educação (SMED) de Novo Hamburgo com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).


O projeto tem como objetivo principal preparar os estudantes dos nonos anos do Ensino Fundamental, turmas de aceleração da aprendizagem e Educação de Jovens e Adultos (EJA) para o mercado de trabalho e estimulá-los a serem protagonistas de suas histórias e futuro. São em torno de 600 alunos participantes no projeto.


E para estimular estes alunos a seguir carreira na indústria, o presidente do SinmaqSinos e diretor da Máquinas Erps falou sobre a sua trajetória na indústria. Disse que por volta dos seus 18 anos queria trabalhar na área de processamento de dados e se dedicou muito para isso, mas depois viu que não era exatamente o que queria e passou a se preparar para Ciências Contábeis, isso por volta dos seus 23 anos. Mas o olho brilhou mesmo quando através do seu pai, diretor da Máquinas Erps, teve a oportunidade de trabalhar na indústria de máquinas. Marlos reforçou muito aos alunos que precisam se dedicar, estudar, ter comprometimento e que devem estar abertos às oportunidades. Disse que devem procurar coisas diferentes. Comentou que a indústria atual é muito tecnológica. No caso da indústria de máquinas o produto é entregue para o mundo inteiro e que a missão da sua empresa é que os seus clientes produzam mais e melhor todos os dias. Comentou ainda que “vocês têm uma oportunidade de ouro em participar desta trilha. Depois de concluída a escolha é de cada um, mas não deixem de ver a indústria como uma oportunidade”. Disse aos alunos que podem iniciar a trajetória na indústria como aprendizes e depois irem se desenvolvendo ingressando como um funcionário da empresa. E para crescer o comportamento é fundamental, “tenham compromisso com as suas atividades, estudem, mostrem todo o potencial que têm, isso fará toda a diferença”. Deu exemplo de um profissional que seguiu carreira na Erps, iniciou a sua trajetória aos 19 anos como serralheiro e com muita determinação se formou em engenharia aos 24 anos e atualmente é o engenheiro da empresa. Finalizou dizendo que “o comportamento é um diferencial, assim como, a educação. Isso ninguém tira de vocês, então estudem, se dediquem, sejam pacientes e busquem a indústria, que certamente poderá ser uma ótima oportunidade para vocês seguirem uma carreira profissional de sucesso”.