top of page

Presidente da Fiergs critica aumento do ICMS no Rio Grande do Sul

O presidente da Fiergs, Gilberto Petry, afirmou, no último encontro do ano do Mapa Econômico do Rio Grande do Sul, promovido pelo Jornal do Comércio, que a federação é "frontalmente contra o aumento" do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) proposto pelo governador Eduardo Leite (PSDB) na semana passada. De acordo com o projeto, a alíquota passará de 17% para 19,5%.


"Lamentavelmente fomos surpreendidos pela intenção do governo de elevar a carga tributária. Agora, contamos com a visão lúcida dos deputados estaduais para votar o projeto. Somos frontalmente contra o aumento, não tem espaço para isso", enfatizou Petry.


O presidente afirmou, ainda, que unir o estado e a iniciativa privada é o melhor caminho para o desenvolvimento. "Não há nação desenvolvida no mundo que não tenha priorizado a industrialização. Precisamos de um consenso que solucione nossas urgências econômicas e avance nos pontos estruturais para o desenvolvimento sustentável", ponderou.


Jornal do Comércio


Comentários


bottom of page